Tabela de preços pré-definidas para outsourcing de impressão

Ter uma tabela de preços pré-definidas para outsourcing de impressão é uma boa?

Ter uma tabela de preços pré-definidas para outsourcing de impressão é uma questão extremamento recorrente nos dias atuais. A precificação de produtos e serviços é sempre muito difícil para empresários. Pois, muitas vezes, eles não sabem como fazer os cálculos que demonstrem o quanto seus produtos e serviços valem. É realmente muito difícil fazer um levantamento correto e eficiente. Porém é muito importante tomar um tempo e se esforçar.

Vale lembrar que essa precificação vai muito além de um simples levantamento de gastos e adicionar a margem de lucro. Ela deve levar em consideração diversas variáveis. Como os valores que compõe seu preço serem variáveis, seus diferenciais de mercado e quanto os clientes enxergam valor na sua marca. Tudo isso é fundamental para conseguir oferecer preços que sejam entendidos por seus clientes como justos e competitivos.

Mas, ao mesmo tempo, continuem sendo suficientes para a saúde financeira de sua empresa e para sua margem de lucro.

Tabela de preços pré-definidas para outsourcing de impressão margem de lucro
Margem de lucro

Essas dúvidas, é claro, também assolam o empresário do ramo de outsourcing de impressão. Que também enfrenta dúvidas na hora de precificar seus serviços e seu maquinário. Será que o ideal é manter preços flexíveis ou preços fixos? Será que ter uma tabela de preços pré-definidas para outsourcing de impressão é uma boa? Com essa tabela, será que é impossível flexibilizar os preços em algum momento? E como saber qual é o preço ideal? É muito difícil conseguir as respostas corretas para todas essas questões. Especialmente em um mercado que preza sempre pelo preço mais competitivo, mas ainda deseja um trabalho primoroso.

Neste texto vamos conversar um pouco sobre como fazer uma precificação correta e, além disso, debateremos se ter uma tabela de preços pré-definida para outsourcing de impressão é uma boa. Siga nossas dicas e saiba dar valor ao seu negócio!

O que levar em consideração na hora de montar seu preço?

Estamos aqui falando do preço que você irá cobrar dos seus clientes. Ou seja, o valor designado deve ser capaz de cobrir todos os seus custos de produção, todas as suas despesas e, além disso tudo, ter uma margem de lucro. É por isso que ele precisa ser muito bem definido. A ponto de conseguir seu lucro e, ao mesmo tempo, continuar sendo competitivo no mercado de outsourcing.

Lembre-se de embutir também em seus preços o valor que sua empresa gasta com mão de obra. Em um outsourcing de impressão existem os produtos que estão sendo comercializados (o aluguel das impressoras, os insumos de reposição, etc), mas também existem os serviços que estão sendo ofertados (manutenção, assistência técnica, etc). Você precisa levar os dois como igualmente sérios na hora de fazer seu preço, já que sua empresa vende ambos.

Faça uma lista de todos os produtos e serviços que sua empresa tem para ofertar. E, a partir dela, comece a analisar todas as variáveis que compõe seu preço. A partir do momento que você já tem um valor mínimo para todos, é hora de passar de etapa e começar a pensar em quais são as melhores formas de oferecer seu trabalho para seus clientes. Ou seja, qual é a melhor modalidade de contrato.

Continue seguindo nossas dicas para ser capaz de definir uma modalidade de contrato, com base na sua precificação. E, como montar uma tabela de preços pré-definidas para outsourcing de impressão.

Como definir uma modalidade de contrato ou uma tabela de preços pré-definidas para outsourcing de impressão?

Não existe uma resposta mágica sobre qual é a melhor maneira de estruturas o preço para um contrato de outsourcing. Entretanto, existem algumas categorias de preço que você pode usar como base.

Sendo eles: preço unitário, preço fixo e preço variável. É claro que antes de tentar entender qual deles é o melhor modelo de contrato para você, você precisa ter o cálculo de seus gastos na ponta do lápis. Caso não tenha a menor ideia de como dar seu preço, procure ajuda de uma consultoria especializada.

Com tudo isso resolvido, é hora de pensar no seu contrato ideal. Pode parecer confuso de primeira, mas vamos explicar um por um para tirar todas as suas dúvidas.

Os contratos:

  • Contratos com preço unitário: nesse, o seu cliente paga por uso. Ou seja, se ele quer apenas alugar uma impressora, pagará mensalmente apenas pelo valor daquela impressora em específico. Se precisar de algum outro serviço ou produto, terá que pagar por fora novamente, pagando novamente o preço unitário pelo que necessitará. Esse contrato pode ser rentável se seu cliente precisar de muitos serviços à parte. Entretanto traz um pouco de insegurança nas suas finanças, pois você não sabe quando ou se ele vai precisar;

 

  • Contratos com preço fixo: nesse, o cliente paga um valor fixo mensalmente, que inclui uma gama mais vasta de serviços. Esse costuma ser um contrato comum no outsourcing de impressão. Visto que os clientes costumam contratar, pelo menos, o aluguel do maquinário e os serviços de manutenção periódica. Além de assistência técnica. Para assinar contratos de preço fixo, você precisa ter seus custos e margens de lucros bem definidas, pois esse tipo de contrato é difícil de conseguir variação. Ele costuma ter um prazo de mais ou menos 1 ano e, durante esse ano, cliente e outsourcing estão vinculados ao acordado. É claro que pode haver uma renegociação, mas a princípio o valor fixo pode ser preocupante, especialmente se seus gastos variarem de acordo com algo volátil, como alguma moeda estrangeira;

 

  • Contrato com preço variável: existe um preço mínimo fixo que é acordado, mas ele pode ter taxas extras, de acordo com o serviço que foi fornecido a mais. Por exemplo, o preço fixo mensal pode incluir o aluguel e o serviço de manutenção periódica, mas as taxas extras envolveriam a assistência técnica ou a troca de peças ou o fornecimento de suprimentos, como papel ou toners de impressão. Esse tipo de contrato pode ser útil, especialmente com produtos que tem variação externa correlacionadas.
Tabela de preços pré-definidas para outsourcing de impressão contratos
Tipos de contrato

Ter uma tabela de preços pré-definidos para outsourcing de impressão é uma boa?

Como pudemos ver na lista de contratos acima elencados, ainda que eles tenham suas características próprias e variações especiais, uma informação é crucial e não muda: a necessidade de que você entenda seu preço e o valor do seu negócio.

Entender como seus preços funcionam e como você pode manobrar com eles de acordo com o contrato escolhido é fundamental para que sua empresa tenha sucesso e continue financeiramente saudável. Além de toda importância financeira que uma precificação bem-feita traz, acarretando em bom rendimento empresarial.

Muitas vezes nós subvalorizamos a importância de fazer e atualizar nossos cálculos de precificação. Porém eles são cruciais para a prestação de bons serviços e para termos sucesso empresarial. Uma tabela de preços pré-definidas para outsourcing de impressão não é eterna. Afinal, os componentes destes preços se alteram. Sendo necessária uma revisão periódica permanente para que sua tabela continue refletindo a realidade e sendo útil para suas negociações.

É melhor que você esteja atualizando com constância do que deixa-la desatualizar completamente e ter que começar uma nova do zero.

Ter uma tabela de preços pré-definidos para outsourcing de impressão pode ser uma boa!

Por isso, acreditamos que ter uma tabela de preços pré-definidos para outsourcing de impressão é muito importante. Uma tabela de preços pré-definidos pode ser oferecida diretamente para o cliente. Em casos de contrato de preço fixo ou unitário, por exemplo. Ela também pode servir como parâmetro na hora de você definir descontos e boas negociações em contratos com preço variável.

Tabela de preços pré-definidas para outsourcing de impressão é uma boa!
Tabela de preços pré-definidas para outsourcing de impressão é uma boa!

Mesmo que você não apresente diretamente sua tabela de preços pré-definida para o cliente e que faça variações no seu preço de acordo com a modelagem de contrato. Ter a tabela de preços pré-definidas para outsourcing de impressão é importante para seu modelo de negócio. E para sua melhor organização financeira.

Com uma tabela de preços pré-definidas para outsourcing de impressão correta e atualizada constantemente, você consegue fazer uma boa comparação de seus preços com o restante que está sendo ofertado pelo mercado. Bem como saber onde existe margem para manobrar no momento de negociação de contrato com seus clientes.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *